Main » 2011 » June » 20 » André Villas-Boas: Génio e amigo no balneário
3:07 PM
André Villas-Boas: Génio e amigo no balneário

Há muito que André Villas-Boas é um nome desejado. Desde que o F. C. Porto abriu asas com a conquista do campeonato sem derrotas, da Taça de Portugal, da Supertaça e da Liga Europa.

Com 33 anos e 213 dias, tornou-se no técnico mais jovem de sempre a vencer uma competição europeia. E por aqui se percebe que Luís André Pina Cabral Villas--Boas, bisneto do 1.º visconde de Guilhomil, foi precoce em quase tudo no futebol.

Quando tinha 17 anos, interpelou, destemido, o vizinho Bobby Robson: queria saber por que Domingos era suplente. O inglês ficou impressionado e abriu-lhe as portas do F. C. Porto, onde começou por ser adjunto nas camadas jovens. Aos 23 anos, assumiu o cargo de director técnico da selecção das Ilhas Virgens Britânicas, mas acabaria por regressar a Portugal quando Mourinho chegou ao Dragão. Foi o seu observador, "os olhos e os ouvidos", como dizia o Special One, para dissecar as equipas adversárias. Acompanhou-o no Chelsea e no Inter, mas abraçou a carreira de treinador na Académica, em 2009/10.

Despertou o interesse do Sporting, contudo, assinou pelo F. C. Porto. Amante do bom futebol, admira o Barcelona de Guardiola, é comparado a Mourinho, mas diz que não é especial. Considera que tudo o que tem ganho é graças ao talento dos futebolistas. O Wall Street Journal já o apelidou de "rapaz genial", mas Helton define-o de outra forma: "É um amigo dos jogadores". Norberto a. lopes

Views: 240 | Added by: pgoncalves16 | Tags: Noticias Desportivas | Rating: 0.0/0
Total comments: 0
Name *:
Email *:
Code *:
Pesquisar
Login form
Calendar
«  June 2011  »
SuMoTuWeThFrSa
   1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930
Statistics

Total online: 2
Guests: 2
Users: 0
Publicidade
Publicidade